פורטוגזית



 
 
  Direitos atualizados de sobreviventes do Holocausto:
 
Ami Bar
 


Estas informações foram redigidas por Ami Bar, um voluntário de Israel e especialista nos direitos dos sobreviventes do Holocausto:

 

O Fundo de Reivindicações paga 1010 euros a cada 3 meses:

Judeus de todo o mundo que são sobreviventes do Holocausto, naturais da Europa (incluindo bebês e embriões) e que ainda não recebem nenhum benefício mensal relacionado ao Holocausto podem receber um benefício que é pago a cada 3 meses.
 
Os critérios são: 



1. O sobrevivente esteve em um gueto ou acampamento. Incluindo as novas cidades e vilas da Bulgária, Romênia, Eslováquia. Consulte a lista na próxima página.
 
 
2. O sobrevivente se escondeu durante a guerra por pelo menos 6 meses em uma área ocupada por nazistas.
 

3. O sobrevivente viveu com uma identidade falsa por pelo menos seis meses durante a ocupação nazista. Identidade falsa significa viver como cristão e não judeu.
 

Pensão social da Alemanha para sobreviventes de gueto incluindo Bulgária, Romênia, Eslováquia, resto da Europa: 

 
Os sobreviventes de gueto que nasceram antes de 1937 e estiveram em guetos ocupados por alemães têm direito a receber uma pensão social da Previdência Social da Alemanha.
 
Ultimamente, novos acampamentos e cidades foram aprovados como guetos: 
 
Romênia - região da Transnístria, Chernovtsy, Mogilev, Constança, Ginta, Tacuts.

Bulgária - Sofia -Juc Bunar, Berkovica, Burgas, Byala Slatina, Čirpan, Dubnitsa, Ferdinand, Gorna, Blagoevgrad, Haskovo, Karnobat, Kyustendil, Lom, Lukovit, Novi, Pazar, Pazardzhik, Pleven, Razgrad, Ruse, Samokov, Shumen, Silistra, Sliven, Stara Zagora, Troyan Varna, Vidin, Vratsa.

Eslováquia - Bratislava, Vihen, Sered, Nobski.
Além disso, Amsterdã e o gueto em Xangai, na China. Todos esses agora são considerados guetos cujos sobreviventes têm o direito de receber pensão social da Alemanha.


Quem já recebeu a pensão, mas não a recebeu com efeito retroativo a partir de 1997, tem direito de candidatar-se para receber pagamentos em atraso. Existem muitos sobreviventes que têm direito aos pagamentos e que ainda não têm conhecimento desses direitos, os quais podem ser muito expressivos em termos econômicos.


As informações acima se aplicam a todos os guetos na Europa e aos sobreviventes e seus herdeiros que ainda não tenham apresentado pedidos de pensões sociais por trabalharem no gueto.

 
Direitos dos herdeiros de sobreviventes de antigos guetos (incluindo Bulgária, Romênia, Eslováquia):
 

Viúvos e viúvas dos sobreviventes de gueto têm direito a uma pensão mensal vitalícia. Caso a viúva faleça antes ou durante o processo, os filhos podem receber um pagamento único retroativo referente ao período de 01/07/97 até a data da morte do sobrevivente.
Os herdeiros que solicitarem a pensão após a morte de ambos os pais têm direito em conformidade com as seguintes condições (viúvas devem atender às condições 1 e 3, e filhos devem atender a todas as três):


 
1. O sobrevivente que morreu trabalhava no gueto e nunca
    solicitou a Previdência Social Alemã.

2. O sobrevivente estava vivo em 27 de junho de 2002.
 
3. O sobrevivente solicitou uma pensão por velhice em seu
     país natal.
 
 
Algumas palavras sobre o autor deste artigo:


Sou filho de sobreviventes do Holocausto; é por isso que optei por exercer esta atividade social e orientar os sobreviventes do Holocausto sobre como conseguir esses direitos. Por favor, fique à vontade para entrar em contato comigo por e-mail ou deixar uma mensagem por telefone. É melhor falar comigo por e-mail, pois respondo mais rápido por e-mail do que por telefone. 
 


Telefone:

+972-55-6665123


e-mail:

shoa.rights@gmail.com



Importante: 

O número de telefone é um correio de voz. Após a mensagem em hebraico e o sinal, deixe sua mensagem e um número de telefone. Por favor, deixe uma mensagem em inglês, pois eu não falo português.
 
Eu lhe desejo muitas felicidades e boa saúde!

 

 


 
תפריט דף הבית טלפוןפייסבוק